Princípios ESG na sua empresa

Você entende o porquê, de tempos para cá, os negócios passaram a se fortalecer nas boas práticas que o conceito ESG determina? Você muito provavelmente já deve ter ouvido diferentes pessoas mencionarem essas três letras. Mas afinal, o que elas significam? 

O que é ESG?

A sigla ESG advém do termo em inglês Environmental, Social and Governance – ou, em português, ASG, referindo-se à Ambiental, Social e Governança.

Basicamente esses pilares indicam a sustentabilidade empresarial, em outras palavras, quer dizer que a empresa está engajada com causas de cunho ambiental, social tanto com relação à práticas de gestão de pessoas como em ações junto à comunidade, além do compromisso com melhores práticas em governança corporativa e compliance. Empresas com práticas bem estruturadas em ESG alinham propósitos a resultados financeiros.

ESG é uma iniciativa acordada com a ONU (Organização das Nações Unidas) e implementada no Pacto Global, que surgiu em 2004, para responder às necessidades da sociedade e meio ambiente e incluir essas questões no âmbito financeiro.

Por que as boas práticas de ESG tornam a empresa mais lucrativa?

É basicamente um círculo virtuoso, pois ao valorizar o meio ambiente, o social e a governança, a empresa mostra para o mundo os princípios de sua empresa e a quais pilares ela está pautada. Mostra o compromisso da corporação e reconhecimento do seu papel na sociedade. 

Em uma sociedade mais consciente, as pessoas prestam muita atenção a marcas que valorizam causas como preservação do meio ambiente, inclusão, diversidade, entre outros atributos. E o que o mercado olha com bons olhos, os investidores também olham e dessa maneira, há uma valorização das ações. 

Desse modo, já é consenso que a incorporação do ESG à estratégia do negócio reforça a máxima de que propósito e lucro são indissociáveis.

Além disso, vale notar que ESG não se aplica apenas às grandes empresas de capital aberto ou empresas em fase de aceleração que precisam captar investidores, mas se aplica a qualquer organização que tenha como desejo valorizar seus ativos e ter maior retorno financeiro. 

Por que o ESG atrai talentos?

A remuneração de forma isolada, já deixou de ser um único fator de decisão em processos seletivos. Hoje, as pessoas avaliam o propósito das organizações e as boas práticas que o ESG indica são muito levadas em consideração pelos profissionais, sendo assim, uma boa razão para aceitar um desafio de trabalho.

Quando o ESG é adotado por uma empresa, isso tem impacto direto no Employer Branding, ou seja, a maneira positiva de como a companhia é vista pela comunidade externa, que se atrai por marcas, as quais valorizam aspectos socioambientais e culturais.

Portanto, adotar as boas práticas que o ESG propõe coloca as empresas em destaque com relação a um posicionamento responsável perante questões importantes para a sustentabilidade global. Criar uma cultura que valorize o ESG como parte da estratégia corporativa favorece a empresa com relação a lucratividade, valorização dos ativos, além de torná-la mais competitiva tanto na atração de talentos como na reputação perante o mercado. Os ganhos são imensos. 

Fale conosco e conheça como projetos em recrutamento da C-LEVEL GROUP estão alinhados às práticas ESG.

Outros Posts

Conselhos de Alto Impacto e Visão de Futuro

Conheça as Tendências que mais Crescem no Mundo

GenAI: O Poder da Inteligência Artificial Generativa no Futuro Empresarial